Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ao Ritmo da Natureza

Ao Ritmo da Natureza

21.11.17

Abóbora e Grão-De-Bico

Ana

Nos próximos dias resolvi cozinhar usando e por vezes combinando estes dois ingredientes que adoro e que acho bastante outonais.

 

IMG_8993.JPG

 

Abóbora

 

É sem dúvida o legume que mais simboliza o outono. As minhas variedades preferidas são esta que aqui se vê na foto, a Hokkaido e também a Manteiga, por não terem aquele sabor vincado que as abóboras maiores e mais comuns têm.

A Hokkaido tem ainda a particularidade de ser bastante doce, e quando comprada biológica pode-se comer a casca, o que para além de enriquecer as refeições a nível de nutrientes, nas sopas torna os purés bastante macios e agradáveis.

 

Pela visão da medicina oriental e da filosofia macrobiótica, esta leguminosa é também indicada para quem tem tendência para desequilíbrios do aparelho digestivo e do elemento terra (solo).

 

É rica em água, fibra, potássio, betacaroteno e vitaminas do grupo B e C.

 

Conjuga muito bem com especiarias, eu gosto sobretudo de lhe juntar canela, noz-moscada e ervas aromáticas como os óregãos.

 

Depois de aberta conserva até 8 dias no frigorífico se estiver bem condicionada.

 

 

Grão de Bico

 

Confesso que é a minha leguminosa preferida e a que como mais frequentemente. 

 

Pela visão da medicina oriental e da filosofia macrobiótica, a abóbora é indicada para quem tem tendência para desequilíbrios do aparelho digestivo e do elemento terra (solo).

 

É uma leguminosa rica em hidratos de carbono, que nos dão energia, fibras que ajudam a estabilizar os níveis de açúcar, proteína, vitamina A e B 6, cálcio, ferro e magnésio.

 

Adoro combinar o grão com hortelã, salsa, coentros e a nível de especiarias, cominhos e colorau.

 

O melhor será sempre comprar seca, demolhar durante 8 a 12 horas e cozinhar na panela de pressão por 50 minutos. Pode ser congelado depois deste processo, sendo por isso também bastante prático e muito mais saudável do que comprar enlatado. 

 

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                        Ana

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D