Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ao Ritmo da Natureza

Ao Ritmo da Natureza

11.12.17

Receitas de Natal Com Memórias - Mousse de Tangerina

Ana

Durante muitos anos o meu pai exerceu medicina numa terra da margem sul onde muitas pessoas viviam do trabalho do campo e quando chegava ao Natal eram habituais ofertas de produtos hortícolas.

 

Um dia chegou carregado de tangerinas, a minha mãe sem saber o que fazer com tanta fruta, resolveu fazer pela primeira vez sonhos, sonhos de tangerina.

E ficaram bons, bons de mais. A verdade é que era ela a fritar e eu a comer. Comi tantos que durante anos e anos, nem o cheiro das tangerinas conseguia sentir, tal foi o abuso naquele dia.

 

(se calhar nem foram assim tantos porque não consigo comer muitos doces de seguida mas foi muito mais do que a conta ) .

 

Agora que já gosto novamente do sabor da tangerina, criei esta mousse. Uma ideia refrescante que fica excelente no meio de sobremesas mais "pesadas".

 

IMG_9336.JPG

 

6 taças

Tangerinas - 8

Bebida de Espelta (sem adoçante ou outra à escolha) - 500ml

Agar-agar em Pó - 1 colher de sopa

Amido de Milho (Maizena) - 1 colher de chá bem cheia

Geleia de Arroz - 3 colheres de sopa + 2 colheres de sopa

 

Num tacho juntar o leite de espelta, sumo e raspas de 4 tangerinas, a agar-agar, a geleia de arroz e o amido dissolvido em 100ml de água. Misturar tudo muito bem e levar ao lume até ferver por 5 minutos mexendo de vez enquanto para não pegar.

 

Deitar num recipiente de vidro e deixar esfriar por 90 a 120 minutos. Ao fim deste tempo, a mistura deverá ter a consistência de um pudim. Juntar o sumo das outras 4 tangerinas (descascar antes de espremer o sumo, sem apanhar a parte branca) e bater com a varinha mágica até ter a consistência de uma mousse.

 

Cascas de Tangerina Caramelizadas

 

Pegar nas cascas das 4 tangerinas utilizadas no final, cortar em tiras finas e reservar. Levar 2 colheres de geleia de arroz numa pequena frigideira ao lume e assim que aquecer juntar as tiras de tangerina, envolver bem até a geleia começar a borbulhar.

Deitar sobre a mousse.

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                                      Ana

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D