Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Na Cozinha Com As Estações

Na Cozinha Com As Estações

Creme de Arroz Com Maçã e Lúcia-Lima

O creme de arroz é um dos pequenos-almoços mais utilizados na cozinha macrobiótica e para mim é um dos mais aconchegantes para estas estações frias.

 

Apresento aqui uma receita com um toque de lúcia-lima que fará a diferença.

 

IMG_2922.JPG

 

 

Ingredientes

4 doses

 

Arroz Integral - 1 caneca de chá

Água - 4 canecas de chá

Limão - Casca de 1

Pau de Canela - 1

Maçã - 1

Lúcia-lima - 1 raminho fresco ou seco

Sal - 1 pitada

 

Pôr o arroz num tacho, cobrir com a água, juntar o pau de canela, a casca de limão e uma pitada de sal. Deixar levantar fervura, passar para o bico mais pequeno do fogão e pôr o lume no mínimo. Cozer por cerca de 100 minutos, juntar a maçã descaroçada e partida em cubos (utilizei maçã biológica e por isso não tirei a casca) e deixar cozer por mais 20 minutos até absorver a água quase na totalidade e ficar cremoso. Um minuto antes de apagar o lume colocar a lúcia-lima.

 

Deixar repousar por cinco minutos. Retirar o pau-de-canela, a lúcia-lima e passar com a varinha mágica.

 

Pode-se adoçar mais um pouco com geleia de arroz, polvilhar com canela e nozes picadas.

 

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                                     Ana

 

 

transferir.jpg

 

 

 

Trio de Creme de Arroz, Compota de Maçã e Nougat de Amêndoa Com Um Toque de Limão

E para terminar estas receitas dedicadas ao arroz e à maçã, aqui fica um doce que para mim seria apropriado para fechar um brunch, já que agora estão na moda.

 

 

IMG_9072.JPG

 

4 doses

Creme de Arroz

 

Arroz Integral - 1/2 caneca de chá

Limão - Casca de 1/2

Água - 2 canecas de chá

Leite de Aveia - 100ml

Geleia de Arroz - 2 colheres de sopa

 

Demolhar o arroz por 4 horas, escorrer, levar ao lume com a água e a casca de limão por 1 hora. Juntar o leite de aveia e a geleia de arroz e mexer por 5 minutos até ficar cremoso. Triturar com a varinha mágica. Deixar esfriar.

 

 

Compota de Maçã

 

Maçãs - 3

Limão - Raspas de 1/2 limão

Geleia de Arroz - 1 colher

 

Cortar a maçã em cubos pequenos, juntar a raspa de limão, por num tacho e juntar água até cobrir a maçã até metade. Tapar. Deixar cozinhar por 20 minutos em lume brando, tendo atenção para a água não evaporar. No final caso ainda tenha água, escorrer, juntar geleia de arroz e triturar com a varinha mágica. Deixar esfriar.

 

Nougat de Amêndoa

 

Amêndoas - 50gr

Geleia de Arroz - 3 colheres de sopa

Água - 1 colher de sopa mal cheia

 

Aquecer o forno a 280º.

Misturar bem a geleia de arroz com a água, levar ao lume numa pequena frigideira até borbulhar por 2 minutos. Apagar o lume. Juntar a amêndoa grosseiramente picada e envolver bem. Levar novamente ao lume mexendo sempre por 2 minutos.

Espalhar sobre uma folha de papel vegetal, formando uma camada fina e levar ao forno por cerca de 5 minutos. Ter cuidado para não queimar.

Deixar esfriar. Partir em pedaços com as mãos.

 

Para montar, fazer como na imagem, uma camada de creme de arroz, outra de compota e enfeitar com a amêndoa. Ou repetir ficando 6 camadas.

 

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                                      Ana 

 

 

 

Caril de Lentilhas e Maçã

Ainda não disse aqui que o picante é o sabor do outono. Se for de boa qualidade e em quantidades moderadas, ajuda a estimular os órgãos que a medicina tradicional chinesa e a macrobiótica associam a esta estação, os pulmões e o intestino grosso. E adeus constipações .

 

Por isso, hoje fica aqui uma receita picantezinha.

 

IMG_9061.JPG

 

4 doses

Lentilhas a gosto (escolhi a qualidade verde Dupuy) - 400 gr

Maçã - 2

Cebola - 1 grande ou 2 médias

Alho - 2 dentes

Pó de caril - 1 colher de chá bem cheia

Hortelã - 1 ramo

Azeite - um fio

Sal - a gosto

Gengibre - um pouco de sumo obtido ralando um pouco da raiz e espremendo as raspas

Coentros - a gosto

 

Demolhar as lentilhas por 4 horas mínimo.

 

Num tacho levar ao lume a cebola e o alho partidos em quadrados pequenos com um fio de azeite. Quando começarem a amaciar, juntar as maçãs também partidas da mesma forma e envolver bem. Cobrir a maçã com água e cozer por 10 minutos. Passado este tempo passar este molho com a varinha mágica. Este molho deve estar "aguado" dado irmos cozer aí as lentilhas.

 

Levar o tacho com o molho novamente ao lume, juntar as lentilhas, a hortelã e o pó de caril. Envolver bem.

 

Cozer por 20 minutos. Ir mexendo e ter água a ferver ao lado. As lentilhas aumentam e engrossam o molho, por isso juntar um pouco de água caso esta evapore antes das lentilhas terem cozido. No final juntar o sal.

 

Servir com arroz cozido, polvilhar com coentros picados grosseiramente e o sumo de gengibre.

 

Acompanhei com grelos de nabo escaldados, combina muito bem e é um vegetal desta época.

 

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                                      Ana

 

 

Creme de Arroz e Maçã

Um dos pequenos-almoços mais usuais e considerados equilibrados pela macrobiótica são as papas de arroz. Controlam o índice glicémico, dão energia e saciedade. Se juntarem algumas sementes ficam ainda com um aporte suplementar de proteína.

 

IMG_9025.JPG

 Para 6 Doses

 

Arroz Integral- 2 canecas

Água - 6 canecas

Limão - Casca de 1/2

Canela - 1 pau

Maçãs - 2 + 1 para enfeitar

Canela - a gosto para polvilhar

Sementes - A gosto

Sal - Uma pequena pitada

 

Demolhar o arroz integral por 4 horas mínimo, deitar essa água fora e levar ao lume num tacho com a água limpa, a casca de limão, a canela e uma pitada de sal. Quando levantar fervura passar para o bico mais pequeno do fogão e por o lume no mínimo. Também pode ser usada uma chapa difusora para que o arroz coza lentamente. Cozer por 3 horas até a água evaporar quase na totalidade e o arroz ficar macio.

 

(Após esta etapa, deitar fora o pau de canela mas deixar as cascas de limão, podem continuar a receita como indicado ou guardar o arroz por 5 dias no frigorífico e irem aquecendo conforme forem utilizando ao pequeno-almoço, juntando um pouco de água ou uma bebida vegetal à escolha. Passar com a varinha mágica antes de consumir).

 

Cortar as maçãs em cubos pequenos para um pequeno tacho, cobrir com água e deixar cozer até a maçã estar macia, 10 a 15 minutos. Juntar o arroz, retirar o pau de canela, misturar bem. Passar com a varinha mágica, servir com algumas fatias de maçã crua, canela em pó e sementes de girassol.

 

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                                      Ana 

Arroz e Maçã

Esta semana resolvi mais uma vez destacar dois ingredientes. Se a semana passada foi dedicada a uma leguminosa e a um legume. Esta semana vou falar de um cereal e de um fruto.

 

O Arroz e a Maçã.

 

IMG_9062.JPG

 

 

Arroz

 

O arroz, quando integral, é rico em minerais, cálcio, magnésio, algum ferro, fósforo, proteínas e fibras. Quando é branqueado, perde 75% dos seus nutrientes para além de serem utilizados produtos químicos neste processo.

Caso tenham um sistema digestivo debilitado aconselho sobretudo o consumo de arroz semi-integral para uma digestão mais fácil.

Para a Medicina Tradicional Chinesa e Macrobiótica, é o cereal mais indicado para o outono e o melhor para alterações intestinais.

 

 

Maçã

 

Embora esteja presente no mercado todo o ano, este é um fruto por excelência do final do verão e outono.

Diz o célebre ditado anglo-saxónico, a apple a day keeps the doctor away, uma maçã por dia afasta o médico, em português não rima mas continua a ser interessante.

 

Embora existam dezenas de variedades diferentes, na sua maioria, este fruto é sobretudo rico em fibras, vitaminas A e C e minerais como o magnésio, cálcio, potássio e fósforo.

 

É um fruto rico, equilibrado e com bastantes indicações terapêuticas.

 

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                        Ana