Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Na Cozinha Com As Estações

Na Cozinha Com As Estações

Cacau Morno (E receita de "Leite" de Amêndoas)

IMG_2631.JPG

 

 

Por caneca

Amêndoas - 1/3 de caneca

Água - 1 caneca

Tâmaras Medjool - 1 e 1/2

Cacau - 1/2 colher de chá

Canela - a gosto

Sal - uma pequena pitada

 

Poderá fazer este cacau morno com bebida (leite) de amêndoas de compra mas aconselho a fazer o seu. Não dá muito trabalho e poderá fazer uma quantidade maior do que indico aqui e guardar no frigorífico até 4 dias.

 

Leite de amêndoas - Deixar as amêndoas a demolhar, cobertas com água, durante 8 horas. Passado esse tempo escorrer, passar por água e colocar num liquidificador com o dobro de água. Ligar o liquidificador e misturar bem.

Em seguida coar num pano de algodão limpo ou num passador de rede fina (se o fizer no passador aconselho a passar o "leite" duas a três vezes).

 

Voltar a por o liquido obtido no copo do liquidificador e juntar o resto dos ingredientes. Misturar bem.

 

Levar ao lume e amornar um pouco, não aconselho a aquecer em demasia.

 

Antes de servir polvilhar com um pouco de cacau ou de canela.

 

P.S. Com o resíduo das amêndoas que fica no pano ou no passador, poderá fazer patês salgados ou doces. Não deite fora.

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                             Ana

 

transferir.jpg

 

 

 

Receitas de Natal com Memórias - Chocolate Quente

A minha geração cresceu a colocar bonecos feitos de chocolate na árvore de Natal como decoração. Um dos anúncios mais esperados desta época era o das Fantasias de Natal.

 

Como não há maneira de desassociar o chocolate a esta época, aqui fica a receita de um chocolate quentinho para estas manhãs ou tardes frias.

 

IMG_9369.JPG

 

Por pessoa

Chocolate Preto 70% ou Cacau (se quiser uma bebida mais saudável e sem açúcar) - 40 gr 

Bebida de Aveia - 200 ml 

Baunilha - 1 pitada 

Pau de Canela - 1 (independentemente das doses que vai fazer)

Amido de Milho - 1 colher de chá mal cheia

Geleia de Arroz - a gosto (opcional)

 

Derreta o chocolate em banho-maria na cafeteira que vai usar. Adicione a bebida de aveia onde previamente dissolveu a colher de amido de milho, a baunilha e o pau de canela e leve ao lume misturando bem até engrossar.

Adoçar com geleia de arroz se achar necessário.

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                                      Ana

Receitas de Natal com Memórias - Bolo Com Sabor a Natal

Domingos com tempo, tardes de chuva, acender o forno para aquecer a cozinha, festas de família, visitas de amigos, vontade de agradar alguém, qualquer desculpa é válida para fazer um bolo.

 

Muitas vezes as nossas primeiras memórias na cozinha são as de ver e tentar ajudar esse momento delicioso. Nem que fosse só encontrar uma oportunidade de enfiar um dedo na massa para provar ou lamber no final a espátula de raspar. 

 

Um dos livros que mais consultávamos, e ainda consultamos, na cozinha da minha mãe é o "Mestre Cozinheiro" de Laura Santos e um dos bolos favoritos é o Bolo Escuro. Aqui fica a minha versão deste bolo com cheiro natalício.

 

IMG_9345.JPG

 

 

 

Farinha de Espelta - 175gr

Nozes - 100gr

Azeite - 75ml

Geleia de Arroz - 150ml

Leite de aveia -100ml

Vinho do Porto - 30ml

Fermento - 1 colher de chá

Laranja - 1 Sumo e raspa

Canela - 1 colher de chá 

 

Aquecer o forno a 200º

 

Misturar muito bem os líquidos numa tigela, o azeite, a geleia, o vinho, a bebida de aveia e o sumo da laranja.

 

Juntar a farinha peneirada e misturada com o fermento, as nozes picadas como se fossem uma farinha granulada e a raspa de laranja.

 

Envolver bem.

 

Barrar uma forma e polvilhar com farinha. Deitar a mistura na forma e levar ao forno até cozer.

 

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                                      Ana