Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Na Cozinha Com As Estações

Edição de Natal

Na Cozinha Com As Estações

Edição de Natal

Pudim de Cevada Com Cobertura de Morangos Macerados

 

IMG_0333.JPG

 

 

Para 4 doses

 

Pudim:

Aveia em grão - 100 gr

Água - 1lt

Limão - Raspa de 1/2

Baunilha - 1/2 colher de café

Agar-agar em pó - 6 gr

Geleia de Arroz - 2 colheres de sopa

 

Base:

Amêndoas tostadas sem pele - 150 gr

Tâmaras - 100 gr

Flocos de Aveia - 40 gr

Limão - Raspa de 1/2

Geleia de Arroz - 2 colheres de sopa

 

Cobertura de Morangos

Morangos - 300 gr

Folhas de Hortelã - 10 (mais algumas para enfeitar)

Geleia de Arroz - 2 colheres de sopa

Limão - Algumas gotas de sumo

 

Para o pudim pode escolher fazer esta sobremesa com cevada integral demolhada por 4 horas (foi a que usei) ou com cevada perolada (esta cevada contem menos nutrientes mas o tempo de cozedura é menor). Levar a cevada escolhida ao lume e deixar ferver por 2h20, no caso de ter escolhido a integral ou 50 minutos, caso tenha escolhido a perolada (neste caso utilize apenas 750ml de água).

Vigie a cozedura, vá mexendo ocasionalmente para não pegar. No final deverá ter uma cevada macia mas ainda com alguma água, a consistência deverá ser cremosa. Caso a água evapore totalmente antes do fim da cozedura vá juntando água a ferver aos poucos.

 

Entretanto faça a base, num processador junte a amêndoa, os flocos de aveia, as tâmaras partidas, a geleia de arroz e a raspa de limão. Pique tudo até ter uma mistura granulada e húmida.

Coloque esta mistura no fundo de uma tarteira com fundo amovível, calcando bem com os dedos. Reserve no frigorífico.

 

Para a cobertura, corte os morangos em 4, junte a geleia de arroz, umas gotas de sumo de limão e reserve no frigorífico.

 

Quando terminar o tempo de cozedura indicado para a cevada, junte a agar-agar, mexa bem até dissolver e deixe ferver por mais 10 minutos. Apague o lume. Junte a raspa de limão, a baunilha e a geleia de arroz. Triture com a varinha mágica e deite na tarteira sobre a primeira mistura.

 

Deixe arrefecer a temperatura ambiente e leve ao frigorífico por 1 hora.

 

Triture grosseiramente os morangos com as folhas de hortelã e sirva sobre o pudim.

 

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                 Ana

Caldo Rápido de Miso de Cevada e Canja de Cevada e Hortelã

Caldo Rápido de Miso

 

IMG_0302.JPG

 

Para obter mais nutrientes, poderá fazer sopa de miso utilizando legumes vários como cenoura, nabo, cebola, couve, cortados em bocados pequenos, que se cozem ao mesmo tempo que os cogumelos e a alga ou poderá fazer esta versão mais simples, caso não tenha muito tempo para cozinhar mas queira aproveitar os benefícios do miso .

 

4 Doses

Cogumelos Shitake - 8

Alga Wakamé - 1 tira com cerca 2 cm

Água - 4 canecas

Coentros ou cebolinho - a gosto

Miso de cevada (Mugi Miso) - 4 colheres de chá mal cheias

 

Demolhar os cogumelos em 1/2 caneca de água por 15 minutos, demolhar a alga em 1/2 caneca de água por 15 minutos.

Deitar os cogumelos, a alga, cortados e a água de demolhar num tacho, juntar o resto da água e levar ao lume até ferver. Baixar o lume e deixar ferver por 15 minutos.

Após esse tempo, retirar um pouco do caldo para uma tigela, juntar o miso e dissolver bem. 

Juntar o miso dissolvido ao resto do caldo, voltar a levar ao lume até começar a borbulhar e retirar logo do fogão (o miso não poderá ser fervido para não perder as propriedades).

Comer quente/morno.

 

 

Canja de Cevada e Hortelã

 

IMG_0322.JPG

 

 

4 Doses

Cevada integral - 1 caneca

Cenouras - 2

Cebolas - 1 grande

Água - 6 canecas

Hortelã - a gosto

Limão - sumo de 1/2

Sal - a gosto

 

Lavar e depois demolhar a cevada por 4 horas mínimo. No final rejeitar esta água.

Levar a cevada demolhada ao lume num tacho com a água indicada e após começar a ferver baixar o lume. Deixar cozer por 50 minutos.

Entretanto cortar a cebola em meias luas finas, a cenoura em rodelas e juntar à cevada. Temperar com sal.

Deixar cozer por mais 20 minutos.

 

Antes de servir juntar algumas folhas de hortelã e algumas gotas de limão. Se gostar poderá ainda juntar um fio de azeite.

 

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                     Ana

 

 

Infusão de Cevada Tostada e Hortelã Pimenta - Versão Quente e Versão Fria

IMG_0293.JPG

Por caneca

Cevada Tostada - 1 colher de sopa mal cheia

Hortelã-pimenta - Algumas folhas a gosto

Água - 1 caneca

 

Para obter cevada tostada poderá aquecer uma frigideira e tostar por breves minutos grãos de cevada integral que tenha em casa, mexendo sempre até ficarem com uma cor dourada, ou poderá comprar os grãos já tostados (chá muji).

 

Deitar os grãos de cevada tostada em água fria e levar ao lume até ferver. Baixar o lume e deixar ferver por 5 minutos. Apagar e deitar as folhas de hortelã a gosto. Deixar em infusão por mais 5 minutos.

 

Retirar os grãos e as folhas com um passador. Beber morno.

 

Para os dias mais quentes que se avizinham poderá experimentar esta versão refrescante. 

 

 

IMG_0311.JPG

 

Por copo

Cevada Tostada - 1 colher de sopa mal cheia

Hortelã-pimenta - Algumas folhas a gosto

Limão - 1 fatia fina

Água - 1 caneca

Geleia de Arroz - 1 colher de chá mal cheia

 

Para obter cevada tostada poderá aquecer uma frigideira e tostar por breves minutos grãos de cevada integral que tenha em casa, mexendo sempre até ficarem com uma cor dourada, ou poderá comprar os grãos já tostados (chá muji).

 

Deitar os grãos de cevada tostada em água fria e levar ao lume até ferver. Baixar o lume e deixar ferver por 5 minutos. Apagar e deitar as folhas de hortelã a gosto. Deixar em infusão por mais 5 minutos.

 

Retirar os grãos e as folhas com um passador e deixar arrefecer. Se estiver um dia quente, levar ao frigorífico.

 

Passado uma hora, cortar uma fatia de limão para um copo, juntar a geleia de arroz, mais duas folhas de hortelã e esmagar ligeiramente com um pilão de almofariz, juntar a infusão e mexer bem.

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                        Ana

Sumo de Melão e Pêra Com Um Toque de Lima e Hortelã

IMG_7165.JPG

 

Por copo

Melão - 1 fatia grossa

Pêra - 1

Lima - Algumas gotas

Hortelã - 6 folhas

 

Partir a fruta em pedaços grandes, juntar algumas gotas de lima, só para dar sabor, e a hortelã. Transformar em sumo utilizando uma varinha mágica ou liquidificadora.

 

O Verão é a altura mais apropriada do ano para beber sumos, os dias quentes pedem a frescura da fruta.

Embora juntar frutas não seja o mais aconselhado, ocasionalmente podemos deliciar-nos.

 

Aqui o melão redondinho e amarelo vai auxiliar o nosso sistema digestivo.

A suculência da pêra vai ajudar a hidratar-nos, assim como o melão, e vai ajudar a preparar o nosso corpo para o outono, sendo uma das frutas mais aconselhada para a próxima estação.

Um pequeno toque de lima vai-nos trazer o exotismo de outras terras (não sendo contudo aconselhado a abusar na combinação de fruta doce com ácida).

E a hortelã vai-nos também trazer frescura, sendo uma das melhores plantas para o sistema hepático.

 

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                                      Ana