Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Na Cozinha Com As Estações

Edição de Natal

Na Cozinha Com As Estações

Edição de Natal

Torrão de Chocolate e Frutos Secos

A menos de um mês do Natal, está na hora de começar a planear a ementa festiva. Durante as próximas semanas deixarei sugestões para quem quer um Natal alternativo ou apenas um Natal mais equilibrado, intercalando iguarias tradicionais com outras mais saudáveis mas igualmente deliciosas. 

 

IMG_3063.JPG

 

Manteiga de Cacau Cru - 100gr
Cacau em pó - 60gr

Amêndoas - 150 gr

Caju torrado sem sal - 50gr

Vagem de Baunilha - 1/4

Geleia de Arroz - 7 colheres de sopa

Sal - 1 pitada

 

Tostar as amêndoas no forno (durante cerca de 10 minutos a 270º, ir vigiando para não queimarem). Retirar do forno e deixar arrefecer por 10 minutos. Picar grosseiramente o cajú e 50gr das amêndoas torradas num processador ou numa picadora. Retirar 25 gr para decorar e reservar o resto. Picar as 100gr de amêndoas restantes até obter uma consistência de manteiga. Reservar.

 

Derreter a manteiga de cacau em banho-maria. Quando estiver derretida e ainda em banho-maria, juntar o cacau e dissolver bem, juntar em seguida as colheres de geleia de arroz aos poucos e dissolver bem até ter uma mistura homogénea, juntar o sal e mexer bem novamente.

 

Retirar do lume.

 

Juntar a manteiga de amêndoa mexendo bem e em seguida os frutos secos picados. Abrir a baunilha ao meio e raspar o interior. Juntar essas raspas ao preparado (guardar a parte exterior da baunilha para uma próxima receita).

 

Passar para um molde de silicone e levar imediatamente ao frigorífico.

 

Está pronto em duas horas mas se for feito de véspera o sabor fica ainda mais delicioso.

 

Decorar a gosto e servir.

 

No ano passado elaborei algumas receitas baseadas em memórias, uma delas vinha também de Espanha, Polvorones.

 

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                                                              Ana

 

 

Feliz Natal

separadores82.gif

 

 

 

Semi-frio de Dióspiro ou Nocheesecake de Dióspiro

IMG_2685.JPG

 

Aconselho a fazer no dia anterior se for para comer ao almoço ou de manhã se for para comer ao jantar. A agar-agar solidifica rápido mas com esta antecedência os sabores ficam mais apurados.

Dá para 10 porções.

 

Base

Amêndoas com pele - 75 gr

Avelãs com pele - 75 gr

Bolachas sem açúcar a gosto (usei da Finestra Sul Celo) - 100 gr 

Sal - 2 pitadas

 

Creme

Tofú sedoso (usei da Clearspring) - 300gr

Dióspiros - 3 e 1/2

Geleia de Arroz - 250ml

Agar-agar - 7gr

Água - 20cl

Baunilha - raspa de 1/2 de vagem

Limão - raspa de um pequeno e sumo de 1/2

 

Cobertura

Dióspiros - 1 e 1/2

Pau de canela - 1

Limão - sumo de 1/2

Baunilha - raspa de 1/4 de vagem

Geleia de arroz - 2 colheres de sopa

 

Frutas à escolha

Canela

 

Começar por fazer a base

 

Aquecer o forno a 180º. Por as amêndoas e as avelãs num tabuleiro e torrar cerca de 10 minutos (não devem ficar demasiado torradas). Deixar arrefecer.

 

Quando estiverem frias, com um processador de alimentos ou uma boa picadora, reduzir as amêndoas e as avelãs, com uma pitada de sal, até obter uma consistência de manteiga.

 

No processador ou na picadora picar as bolachas, juntar a "manteiga" de frutos secos, uma pitada de sal e envolver bem.

 

Num forma de base amovível, colocar papel vegetal, e por cima colocar a mistura anterior calcando bem.

 

Levar ao forno a 180º (previamente aquecido) por 10 minutos. Reserve

 

Creme

 

Descascar e cortar os dióspiros, regar com o sumo de 1/2 limão e reservar no frigorífico.

Dissolver a agar-agar na água, levar ao lume (no mínimo) e deixar ferver por 10 minutos mexendo de vez enquanto. 

Por o tofu num recipiente, ir juntando a água com a alga aos poucos enquanto bate com a varinha mágica. Juntar os dióspiros, temperar com a baunilha, a raspa do limão, a geleia de arroz e voltar a bater bem com a varinha mágica até ficar com a consistência de um creme.

 

Deitar na forma por cima da base e levar ao frigorífico.

 

Cobertura

 

Descascar e cortar os dióspiros, juntar a geleia de arroz, o pau de canela, a baunilha, o sumo de limão e levar ao lume até ter consistência de compota.

 

Retirar o pau de canela e passar com a varinha mágica.

 

Antes de servir desenformar, colocar a cobertura, polvilhar com canela e enfeitar com frutas de outono.

 

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                             Ana

 

transferir.jpg

 

 

 

Trufas de Moscatel

Em tempo de Mundial, umas trufas para festejar as vitórias de Portugal ou os grandes empates 😊

 

IMG_1132.JPG

 

10 trufas

Avelãs - 100gr

Óleo de Coco - 2 colheres de chá rasas

Cacau - 1 colher de chá bem cheia mais o suficiente para cobrir

Moscatel - 3 colheres de chá

Tâmaras Medjool - 4

 

Aquecer uma frigideira, colocar as avelãs com pele e torrar por 3 minutos mexendo para não queimar.

 

Deixar arrefecer.

 

Picar as avelãs, numa picadora ou num processador, até começar a ficar com consistência de uma pasta.

 

Juntar o óleo de côco, o cacau, o moscatel e voltar a picar. Juntar as tâmaras partidas aos bocados e continuar a misturar na picadora ou processador.

 

Caso este processo tenha aquecido a mistura deixar arrecefer para o cacau que vai cobrir não derreter.

 

Numa tigela de sopa pôr cacau suficiente para cobrir as trufas.

 

Com as mãos formar bolas com a mistura, colocar sobre o cacau e rolar até estarem cobertas. 

 

               

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                                      Ana

Volta ao Mundo a Petiscar - Marrocos - Bolinhos com Sabor a Marrocos

Embora para mim seja importante um regime alimentar sazonal e com produtos locais, também gosto muito de viajar pelo mundo através da comida. E os dias de convívio, são óptimos para isso.

 

Com o tempo a aquecer, dedico estes dias a uma viagem pelo mundo à volta da mesa, com petiscos.

 

E para terminar um doce inspirado no norte de África.

 

 

Bolinhos Com Sabor a Marrocos

 

IMG_0770.JPG

 

Para 10 bolinhos

 

Amêndoas com pele - 100 gr

Tâmaras Medjool - 6 (o que dá cerca de 120 gr)

Canela - 3 colheres de café bem cheias

Geleia de Arroz ou mel - 4 colheres de chá

Sementes de Sésamo - 30 gr

Laranja - 1/2 (só a casca)

 

Num processador colocar as amêndoas, as tâmaras sem caroço partidas em quartos, a canela e o mel ou a geleia de arroz (esta última se quiserem uma receita vegan e/ou mais equilibrada, o mel se quiserem um sabor mais marroquino). Bater até ter uma pasta bem misturada e moldável (possivelmente será necessário ir batendo, parar, agrupar a mistura com uma colher e repetir o processo).

 

Molhar as a mãos e formar bolinhas do tamanho de brigadeiros. Num prato misturar as sementes de sésamo com a raspa da laranja e rolar as bolinhas nesta mistura até estarem bem cobertas.

 

São melhor ainda se forem servidas a acompanhar uma infusão de menta.

 

P.S. Esta receita é também um bom snack energético para o dia-a-dia.

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                                      Ana

 

 

Gelado de Morango, Banana e Baunilha Com Cobertura de Morango

Neste 1º de Maio para além da celebrarmos este dia específico, vamos aproveitar para celebrar o mês das flores e os dias mais quentes que se aproximam com uma receita fácil de um delicioso e saudável gelado.

 

IMG_0588.JPG

 

4 porções

Morangos - 250 gr + 125gr

Bananas da Madeira - 2

Geleia de Arroz - 1 colher de sopa + 2 colheres de chá

Baunilha - 1 colher de café rasa

Sumo de Limão - Algumas gotas

 

Gelado

 

Cortar as 2 bananas às rodelas e 250 gr de morangos em quartos e levar ao congelador por 8 horas. Passado esse tempo deitar a fruta num liquidificador, juntar 1 colher de sopa de geleia de arroz (ou duas se quiser um gelado mais doce), a baunilha e começar a bater.

Este processo requer alguma paciência. Tem que bater, parar o liquidificador e ir juntando a fruta com uma espátula de silicone antes de voltar a bater até que tudo fique homogéneo e cremoso como se vê nesta foto (se necessário juntar um pouco de água, não aconselho mais do que duas colheres de sopa de água para que o gelado não fique com um "sabor a água"). 

 

IMG_0584.JPG

 

Poderá optar por comer o gelado após este processo ou então guardar no congelador novamente se quiser que fique mais consistente.

 

Cobertura de Morango

 

Cortar 125gr de morangos em quartos, juntar algumas gotas de sumo de limão, 1 colher de sopa de água e levar ao lume por 10 minutos, vigiando e mexendo para não pegar. Juntar a geleia de arroz restante e mexer bem.

Passar com a varinha mágica e depois num passador para ter uma cobertura mais homogénea.

 

Servir o gelado com a cobertura de morango e amêndoas torradas moídas ou outras coberturas a gosto.

 

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                                      Ana

Pudim de Cevada Com Cobertura de Morangos Macerados

 

IMG_0333.JPG

 

 

Para 4 doses

 

Pudim:

Aveia em grão - 100 gr

Água - 1lt

Limão - Raspa de 1/2

Baunilha - 1/2 colher de café

Agar-agar em pó - 6 gr

Geleia de Arroz - 2 colheres de sopa

 

Base:

Amêndoas tostadas sem pele - 150 gr

Tâmaras - 100 gr

Flocos de Aveia - 40 gr

Limão - Raspa de 1/2

Geleia de Arroz - 2 colheres de sopa

 

Cobertura de Morangos

Morangos - 300 gr

Folhas de Hortelã - 10 (mais algumas para enfeitar)

Geleia de Arroz - 2 colheres de sopa

Limão - Algumas gotas de sumo

 

Para o pudim pode escolher fazer esta sobremesa com cevada integral demolhada por 4 horas (foi a que usei) ou com cevada perolada (esta cevada contem menos nutrientes mas o tempo de cozedura é menor). Levar a cevada escolhida ao lume e deixar ferver por 2h20, no caso de ter escolhido a integral ou 50 minutos, caso tenha escolhido a perolada (neste caso utilize apenas 750ml de água).

Vigie a cozedura, vá mexendo ocasionalmente para não pegar. No final deverá ter uma cevada macia mas ainda com alguma água, a consistência deverá ser cremosa. Caso a água evapore totalmente antes do fim da cozedura vá juntando água a ferver aos poucos.

 

Entretanto faça a base, num processador junte a amêndoa, os flocos de aveia, as tâmaras partidas, a geleia de arroz e a raspa de limão. Pique tudo até ter uma mistura granulada e húmida.

Coloque esta mistura no fundo de uma tarteira com fundo amovível, calcando bem com os dedos. Reserve no frigorífico.

 

Para a cobertura, corte os morangos em 4, junte a geleia de arroz, umas gotas de sumo de limão e reserve no frigorífico.

 

Quando terminar o tempo de cozedura indicado para a cevada, junte a agar-agar, mexa bem até dissolver e deixe ferver por mais 10 minutos. Apague o lume. Junte a raspa de limão, a baunilha e a geleia de arroz. Triture com a varinha mágica e deite na tarteira sobre a primeira mistura.

 

Deixe arrefecer a temperatura ambiente e leve ao frigorífico por 1 hora.

 

Triture grosseiramente os morangos com as folhas de hortelã e sirva sobre o pudim.

 

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                 Ana

Doce (de) Inverno

E para estes dias gelados aqui fica uma sobremesa ou um lanche reconfortante.

 

IMG_9805.JPG

 

4 pessoas

Batata-doce - 300 gr

Bebida de Espelta (ou outra bebida vegetal à escolha sem sabor acentuado) - 400 ml + 10ml

Laranjas - 2 médias ou 1 grande (só a raspa)

Geleia de Arroz - 2 colheres de sopa

Amido de Milho (maizena) - 1 colher de chá bem cheia

Sal - 1 pitada

Canela - a gosto

 

Cortar as batatas em rodelas médias, colocar num tacho e cobrir com o leite de espelta. Deixar cozer cerca de 15 minutos. 

À parte dissolver o amido de milho nos 10ml de bebida de espelta e juntar ao resto do preparado. Juntar uma pitada de sal, a raspa das laranjas, a geleia de arroz e deixar engrossar mexendo bem.

Passar com a varinha mágica.

Por em taças, polvilhar com canela e será mais reconfortante se comer ainda morninho.

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                                     Ana

Receitas de Natal com Memórias - Bolo Com Sabor a Natal

Domingos com tempo, tardes de chuva, acender o forno para aquecer a cozinha, festas de família, visitas de amigos, vontade de agradar alguém, qualquer desculpa é válida para fazer um bolo.

 

Muitas vezes as nossas primeiras memórias na cozinha são as de ver e tentar ajudar esse momento delicioso. Nem que fosse só encontrar uma oportunidade de enfiar um dedo na massa para provar ou lamber no final a espátula de raspar. 

 

Um dos livros que mais consultávamos, e ainda consultamos, na cozinha da minha mãe é o "Mestre Cozinheiro" de Laura Santos e um dos bolos favoritos é o Bolo Escuro. Aqui fica a minha versão deste bolo com cheiro natalício.

 

IMG_9345.JPG

 

 

 

Farinha de Espelta - 175gr

Nozes - 100gr

Azeite - 75ml

Geleia de Arroz - 150ml

Leite de aveia -100ml

Vinho do Porto - 30ml

Fermento - 1 colher de chá

Laranja - 1 Sumo e raspa

Canela - 1 colher de chá 

 

Aquecer o forno a 200º

 

Misturar muito bem os líquidos numa tigela, o azeite, a geleia, o vinho, a bebida de aveia e o sumo da laranja.

 

Juntar a farinha peneirada e misturada com o fermento, as nozes picadas como se fossem uma farinha granulada e a raspa de laranja.

 

Envolver bem.

 

Barrar uma forma e polvilhar com farinha. Deitar a mistura na forma e levar ao forno até cozer.

 

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                                      Ana 

 

 

Pastéis de Grão, Abóbora e Amêndoa

E para terminar estes dias dedicados ao grão-de-bico e à abóbora, aqui fica uma receita doce.

 

Para 10 Pastéis

Abóbora - 300gr

Grão Cozido - 100gr

Amêndoa com pele - 100gr

Laranja - Casca (sem apanhar a parte branca) de 1/4 de laranja

Canela - 1pau

Baunilha - 1/2 colher de café ou meia vagem

Geleia de Arroz - 175ml

Massa Filo - 60gr

 

Untitled design.png

 

Aquecer o forno na temperatura média.

 

Cortar a abóbora em pedaços pequenos depois de retirar a casca, levar ao lume num tacho juntamente com a casca de laranja, o pau de canela e mal coberta com água. Tapar e deixar cozer até a abóbora ficar macia.

 

Picar a amêndoa grosseiramente. 

 

Quando a abóbora estiver cozida, escorrer, tirar o pau de canela e deixar a casca de laranja. Juntar o grão também escorrido e desfazer com a varinha mágica. Por no mesmo tacho este puré juntamente com a baunilha e a geleia de arroz, levar ao lume por 10 minutos mexendo para engrossar. Juntar o miolo de amêndoa e mexer por mais 5 minutos.

 

Pincelar com azeite formas tipo queque, por um quadrado de massa filo, voltar a pincelar e juntar mais outro quadrado. Fazer 4 camadas assim. Colocar o recheio.

 

Levar a forno médio até a massa dourar. É rápido.

 

Aconselho a comer no próprio dia para a massa ficar mais estaladiça e polvilhados com canela.

 

24099626_1461156660671069_2052931385_n.jpg

Não os acho muito fotogénicos mas são deliciosos

 

P.S. - Este recheio será excelente para quem se aventurar a fazer fritos de Natal, tipo azevias.

 

 

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                              Ana

 

 

Bolo de Uvas e Erva Doce

IMG_8930.JPG

 

 

Farinha de Espelta Integral - 75gr

Farinha de Espelta Branca - 125gr

Fermento - 1 colher de chá 

Raspa de 1/2 Laranja

Erva-doce - 1 colher de café 

Geleia de Arroz - 175 ml

Bebida de Aveia - 150 ml

Azeite - 75 ml

Uvas Brancas - 150gr

 

Pré-aquecer o forno a 180º.

Untar uma forma com azeite e polvilhar com farinha.

Numa taça misturar bem as farinhas com o fermento, juntar a raspa da laranja e a erva-doce e voltar a misturar.

Juntar a geleia de arroz, a bebida de aveia e o azeite e envolver bem com uma colher de pau, até a mistura ficar homegéna.

Retirar as grainhas às uvas, cortar em quatro e juntar à mistura anterior mexendo sem bater muito.

Levar ao forno por 45 minutos.

 

 

E não se esqueça de por sempre uma pitada de amor na sua comida e uma pitada de especiarias na sua vida.

                                                                        Ana